Como fazer um lustre personalizado?

Quem acompanha o nosso blog já sabe: as dicas que passamos aqui visam sempre esclarecer e inspirar quem ~adora~ decoração e customizar cada pedacinho da casa. A gente tenta simplificar ao máximo e trazer sempre as melhores ideias para você criar ambientes com a sua cara e dentro das mais diferentes tendências. E, claro, nós adoramos quando você entra em contato coma gente e nos passa o seu feedback.

É o caso da leitora Nanda Mende que escreveu aqui nos perguntando como fazer um lustre personalizado:

como-fazer-um-lustre
“Boa tarde!

Adoro seu trabalho e tudo relacionado a decoração. O caso é o seguinte: eu ganhei um lustre patinado de 3 braços com cúpulas de vidro e queria muito mudar a cor e dar um up com pedras e pingentes bem coloridos. Será que você pode me dar uma ideia? Se puder te envio a foto do lustre. Abraços.”  

A gente amou o contato da Nanda e ao invés de discutir o que fazer com o lustre só com ela, decidimos fazer um post cheio de ideias para compartilhar com outros leitores que, por ventura, possam estar passando pelo mesmo probleminha.

Então, como fazer um lustre todo customizado?

No mesmo e-mail que a Nanda nos escreveu, ela também deu algumas sugestões de como fazer um lustre diferente com o que ela tem em casa. Na ocasião, a Nanda deu a ideia de colorir e até mesmo fazer a substituição das cúpulas de vidro que deixam a peça com aquela cara clássica. E, quem sabe, aplicar alguns pingentes ou cristais.

Primeiro: defina o estilo

Pelo que a gente percebeu pelo e-mail da Nanda, ela quer algo mais despojado, tirar aquela cara ‘clássica’ que o lustre possui atualmente. Então, a primeira etapa está cumprida. Se você tem um lustre em casa e quer customizar pense bem onde ele será instalado e se a nova personalização não vai ficar um tanto quanto 'over' no espaço.

>> Veja também: produtos ótimos para renovar a iluminação da casa toda!

Segundo: analise a peça

Para dar uma repaginada e saber como fazer um lustre personalizado é preciso, antes de tudo, analisar as condições que a peça se apresenta. Pergunte-se:

– O produto está em bom estado?

– Sem sim, quais os materiais que posso usar e comprar para dar uma cara diferente à peça?

– Se não, o que precisarei comprar, além dos materiais de customização, para deixar o lustre funcionando perfeitamente?

Vamos analisar, na prática, o caso da Nanda:

A peça é 'patinada', ou seja, recebeu aquela camada de tinta que dá a aparência envelhecida ao lustre: a pátina. A técnica é ótima e está super dentro das tendências, e problema é que aqui, a tinta escolhida dá um ar muito neutro ao objeto e a Nanda quer exatamente o contrário: ousar.

efeito-patina

como-fazer-um_lustre-patina

O lustre customizado na prática

Então, neste caso, uma sugestão interessante para dar outra cara para este lustre é retirar a tinta atual para que a outra tinta que aplicaremos não deixe transparecer a pátina e dar um acabamento mais bacana. Isso dá um pouquinho de trabalho, mas não é nada complicado. Procure em lojas especializadas por removedores de tintas. A gente não consegue identificar pela foto se a parte é de metal ou madeira, mas existe removedores para ambos os casos.

A pátina é uma técnica que deixa a superfície um tanto quanto irregular e, então, você vai precisar deixar a peça uniforme para receber outra tinta – seja ela para metal ou madeira.

Você também pode lixar com delicadeza, pois o efeito é o mesmo. Este já é um passo importante para personalizar o lustre.

Com a cor da tinta escolhida, aí você pode customizar o lustre como desejar. Prefira a tinta spray que deixa a aplicação mais uniforme.
Algumas ideias:

– Com fita adesiva, crie um lustre cheio de listras horizontais, ou seja, a parte com fita adesiva você deixar sem pintar ou pintar de uma cor diferente. Como se fosse aquelas bengalinhas vermelhas e brancas de Natal, sabe?

– Pingentes e pequenos cristais também são válidos, mas sem exageros. A gente acha que fica bem interessante colocar só nas extremidades do lustre.

como-fazer-um_lustre-personalizado

– Depois de pintar, que tal encher de laços feitos com fitas de cetim? Vai dar uma ar bem romântico à peça.

– A tulipa do lustre também pode ser trocada. Mas aí você precisa escolher, pois no mercado há centenas de opções interessantes: das mais clássicas as mais modernas. O ideal é que estas tulipas se harmonizem com a customização de lustre escolhida e com o próprio estilo do ambiente. Pelas fotos, parece que esta parte de vidro está bem conservada, então consideramos deixar. Assim você economiza!

Para ajudar, também separamos na galeria outras inspirações bem legais e que seguem o mesmo estilo do seu lustre. Esperamos que goste.

Depois que realizar sua customização, mande as fotos para gente. Vamos adorar ver como ficou!

Ah, para quem gostou das ideias de como fazer um lustre, mas ainda tem dúvidas, deixe o recado nos comentários!

Imagens: Achados de Decoração, Montando Minha Casa, Vila do Artesão, Pra Le e Crie Top, Blog da Alessandra, Revista Casa e Jardim, Paixão de Coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *